Carmelo: descubra a pequena Toscana Latino Americana

Calera y Narbona
Créditos: Dirección de Turismo de Colonia.
Carmelo está localizada no departamento de Colonia e a pouco mais de 3h da capital uruguaia, Montevidéu. Vizinha de Colonia Del Sacramento, a apenas 50 minutos de distância, ela é pequenina e acanhada, como os pequenos frascos de perfumes, que surpreendem e impressionam com o tremendo potencial.

Possuidora de uma paisagem natural cheia de beleza e serenidade, durante anos Carmelo seduz milhares de turistas a procura de descanso, tranquilidade, beleza e comodidade. Seu atracadouro de iates e a extensa área de praias atraem os amantes dos esportes náuticos e praianos. Considerada pelo jornal norte americano, New York Times, como a pequena Toscana da América Latina, possui pouco mais de 20 mil habitantes e é uma das maiores produtoras de vinho da região.

carmelo
Créditos: Dirección de Turismo de Colonia.
A cidadezinha abraça o visitante que se sente em casa e consegue relaxar com o clima interiorano. Grandes hotéis estão presentes e oferecem aos hóspedes tudo o que é necessário para apreciar e desfrutar ainda mais da vida. Essa sensação pode ser completada pela gastronomia dos restaurantes: bem caseira e cheia de sabor.

Considerado por muitos um destino romântico é perfeita em qualquer estação do ano. No verão, a cidade ribeirinha ao Rio da Prata recebe turistas que se banham no sol e água do rio, ali menos barrenta. Os visitantes alugam caiaques, compram tours pela orla e andam em bicicleta pelas ruelas tranquilas. No inverno se descobre a explosão de sabores dos vinhos harmonizados com queijos e carnes, o clima dos campos com a nevoa da manhã, e o ar misterioso e intimista do pequeno centro são um show à parte. Além da força viticultura, a charmosa Carmelo também produz azeites excepcionais e tem campos de gado.

Entre os diversos atrativos da cidade está a ponte giratória, que cruza o arroio Las Vacas, a única existente na América do Sul que o içamento é realizado por tração humana; as ruínas jesuíticas da estância de Belén, conhecidas como “Calera de las Huérfanas” e a estância Narbona (prédio mais antigo do Uruguai e conserva sua arquitetura original).

Check Also

La Leche

La Leche em Puerto Vallarta, uma experiência gastronômica

Share Tweet Whatsapp Fomos recebidos pelo grande mentor de um dos restaurantes mais interessantes que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *